Sway: a ferramenta ideal para transformar suas aulas

18 de julho de 2016

Postado por Microsoft Educação em Sem categoria

Como prender a atenção nos alunos durante as aulas com mil coisas acontecendo ao mesmo tempo e com o fácil acesso que eles têm às tecnologias? Hoje, a proposta do blog Educadores Inovadores para os professores é o uso do Sway em sala de aula. O Sway é uma ferramenta da Microsoft que promove agrupamento de conteúdos e o ajuda a organizá-los – a partir de imagens, tweets, músicas, gráficos, PDFs, planilhas de Excel e apresentações de PowerPoint – de modo organizado, bem apresentado e dinâmico, que pode ser visto de qualquer navegador e que se adapta a qualquer tamanho de dispositivo.

O Sway é uma poderosa ferramenta de Storytelling Digital que pode ajudá-lo a ensinar contando histórias interativas, usando a possibilidade de agrupamento de inúmeros arquivos dentro da ferramenta, sem precisar se preocupar com formatação para criar histórias inspiradoras: o mecanismo de design interno do Sway cuida disso. Se o primeiro design não for o que você imaginou para sua aula, sem problemas: é só clicar em ‘Misturar’ para ver outros ou personalizá-lo para deixar com a imagem que você quer oferecer.

O educador Juliano Gonçales que utiliza o Sway em sala de aula, conta que também incentiva o uso do Sway pelos alunos, para que eles possam produzir trabalhos e apresentações. “Costumo definir para os estudantes o Sway como uma mistura eficaz, leve e elegante, uma verdadeira evolução do PowerPoint, como alternativa. Isso ajuda os alunos a fazerem as atividades de maneira mais intuitiva e dinâmica e quem assiste à apresentação mantém o interesse no assunto porque ele enriquece a forma com a qual o conteúdo é apresentado”, afirma o educador.

Para finalizar, o educador conta quais são as grandes facilidades da ferramenta, de acordo com sua opinião. “Os grandes diferenciais do aplicativo ficam por conta da facilidade de compartilhamento, design intuitivo, opção de grupo, designs originais e bem feitos, a ferramenta “remixar” o tema e, principalmente, a autoria compartilhada, que permite a colaboração entre equipes”, acredita Gonçales.

 

Últimos posts

Tags

Posts Relacionados