Pular para o conteúdo

3 maneiras de ensinar fora do espaço físico da escola

11 de julho de 2018

Postado por Microsoft Educação em Notícias Educação, Tecnologia da Educação


Utilize as ferramentas de colaboração da Microsoft para aumentar a produtividade dos seus alunos

 Mesmo com o uso crescente de novas ferramentas tecnológicas em sala de aula, o modelo de ensino baseado em aulas expositivas continua presente nas escolas: o professor expõe o conteúdo da disciplina para os alunos, que fazem perguntas e anotações sobre o tema, depois o professor passa a lição de casa. Muitas vezes a escola não tem uma estrutura para que todos tenham acesso a dispositivos, como computadores e tablets, e a inserção de atividades mais dinâmicas com o uso da tecnologia fica em segundo plano.

Porém, mesmo não sendo possível desenvolver 100% das aulas utilizando recursos tecnológicos, pode-se criar um modelo híbrido, com o uso de computadores ou não. Nossos professores, MIE Experts, mostram abaixo algumas atividades que estão realizando em sala de aula e podem servir como inspiração:

– O professor e técnico educacional do Colégio Marista Champagnat, Moisés Mota, realizou uma atividade, com o uso do OneNote, na turma do 4º ano da escola. Com o objetivo de incentivar a colaboração entre os alunos, produziram uma Web Rádio. O exercício foi organizado da seguinte forma: no caderno digital, o docente criou um bloco de anotações em três seções, Rádio, Falas e Vinhetas. A partir daí, foram estabelecidos os grupos e os temas que gostariam de abordar. No segmento “Rádio”, os alunos podiam inserir os assuntos em sala de aula e até mesmo de casa, ou do app no celular. Além disso, podiam consultar todos os temas dos outros grupos e dar sugestões aos colegas. “Não necessariamente eles precisavam estar presentes na escola, justamente porque a ferramenta é colaborativa”, enfatiza Moisés. Já na seção “Fala”, foi criado uma página para cada aluno escrever o que seria dito na programação e na última aba, “Vinhetas”, os alunos escolheram algumas trilhas disponíveis na internet e inseriram o link. Com essa atividade, os alunos puderam compartilhar suas ideias com todos da classe e colaborar na ferramenta fora do espaço escolar.

Quer saber mais sobre como utilizar as ferramentas de colaboração da Microsoft? Participe das nossas formações gratuitas, realizada as quintas-feiras no MTC, em São Paulo.

– Já na Escola Bosque, a professora de português e formadora de professores da Redesenho Educacional, Danielle Lima, está utilizando o Word e o OneDrive para a criação de um livro colaborativo, que aborda histórias de contos de fadas. No e-book, os alunos desenvolveram novas versões, modificando a personagem, o elemento mágico e o efeito. Inicialmente, a professora solicitou uma primeira versão aos alunos, que passou por uma revisão. O passo seguinte foi a digitação dos textos no Word. Assim, cada um em sua casa, no seu tempo e do seu jeito, usou o editor de textos para criar sua versão digital da história. “A etapa seguinte será uma oficina de Word, em que pretendo ensinar os alunos a formatarem o texto, usando alguns recursos da ferramenta, como recuo de parágrafo, espaçamento entre linhas, entre outros”, explica Danielle. O uso da ferramenta facilitou a correção dos textos e agilizou o recebimento das atividades, já que os alunos podiam compartilhar o documento com a professora por meio do Word e OneDrive e ainda incentivar a criatividade da classe.

um grupo de pessoas sentadas em uma mesa na frente de um computador portátil

Professor Moisés Mota durante suas aulas no Colégio Marista Champagnat

– Em função de um problema para os alunos chegarem até a escola, a direção do Instituto Germinare orientou os professores a usarem os recursos tecnológicos disponíveis para trabalhar com a classe à distância. A professora de gestão de pessoas, Márcia Ovalle, optou pelo Teams e iniciou a aula pela ferramenta de chat e chamadas de vídeo. As propostas de aulas foram postadas na “Biblioteca de Conteúdos” e os alunos seguiam as orientações dadas para cada série ou atividade. Os professores ficaram durante todo o tempo, online, respondendo dúvidas e dando orientações complementares para os alunos.

Ao final da aula os alunos deveriam entregar a tarefa concluída, que também foi realizada no Teams e no Forms. “Para essa nova aventura, também utilizei vários outros recursos: o Sway, por exemplo, com seus links fáceis para vídeos, imagens e periódicos e o PowerPoint para incentivar o trabalho colaborativo. Também usamos o Outlook como reforço de que estávamos no ambiente do Teams, já que muitos alunos têm instalado em seus celulares e recebem alertas de novos e-mails. Assim garantimos que todos estivessem conectados”, explica Márcia. O desafio foi dado pelos professores, mas os alunos também se sentiram desafiados. Eles conseguiram cumprir 100% das entregas.

Saiba mais como trabalhar diferentes dinâmicas para uma sala de aula mais dinâmica e colaborativa!

Últimos posts