5 tendências educacionais apresentadas na Bett Brasil Educar

24 de maio de 2018

Postado por Microsoft Educação em Notícias Educação, Tecnologia da Educação


Em quatro dias de evento, a Microsoft apresentou tendências educacionais e engajou professores e entusiastas da educação para colocarem a mão na massa em diferentes estações de conteúdo

O congresso Bett Brasill Educar 2018 aconteceu entre os dias 8 e 11 de maio, no São Paulo Expo, e recebeu mais de 22 mil pessoas durante os quatro dias de evento. A Microsoft, como parceira global do evento, marcou presença com um estande repleto de estações de conteúdos, em conjunto com alguns parceiros, visando apresentar soluções e tecnologias a fim de melhorar o desempenho dos alunos no processo de aprendizagem e empoderam os educadores e estudantes a transformarem a sala de aula por meio da tecnologia.

Selecionamos cinco tópicos apresentados pela Microsoft no evento que devem nortear a área de educação nos próximos anos:

 

  • Realidade Mista: A Microsoft apresentou alguns painéis na Bett Educar, que foram liderados por profissionais internacionais da empresa. Durante um deles, Anthony Salcito, Vice-Presidente Mundial de Educação da Microsoft, mostrou o poder das aulas inovadoras com o Paint 3D e realidade virtual. Um exemplo é o uso da tecnologia para trabalhar partes do corpo humano, que seriam impossíveis de serem vistas a olho nu. “O aprendizado é mais produtivo quando leva o aluno a descobrir por si mesmo. A melhor maneira de aprender é fazendo. Nós queremos que os professores e estudantes usem as ferramentas da Microsoft para dar vida às suas ideias e nós temos tecnologia para apoiar essa jornada”, afirmou o VP Mundial de Educação.

Eve Psalti, Diretora Global de Programas Acadêmicos da Microsoft, também veio ao Brasil para compartilhar suas visões sobre a educação, construídas durante viagens realizadas a diferentes países ao redor do mundo. Eve apresentou as habilidades que irão preparar os estudantes para as demandas do mercado de trabalho do século 21, sendo elas: criatividade, colaboração, pensamento crítico e pensamento computacional.

um grupo de pessoas em frente a uma multidão

Eve Psalti durante seu painel na Bett Educar 

 

  • STEM: pesquisas na área de educação, como o Pisa, mostram que os estudantes brasileiros ainda têm um déficit grande nas disciplinas de STEM (ciências, tecnologia, engenharia e matemática). Em um dos painéis principais, a Microsoft trouxe para o Brasil Karon Weber, diretora de Parcerias de Workshops Acadêmicos Internacionais da Microsoft, que falou sobre as habilidades que os estudantes precisam desenvolver para estarem preparados para 65% dos trabalhos que ainda estão não foram criados – “Minha missão é ajudar na democratização do STEM para que milhares de estudantes do planeta possam alcançar mais”, afirmou Karon.

Por conta disso, a Microsoft lançou na Bett Educar um programa de aulas gratuito chamado Hacking STEM. São mais de oito planos de aula de experiências STEM que estão disponíveis em português, espanhol e inglês. A proposta é oferecer um passo a passo completo para o professor que deseja implementar a metodologia STEM em sua sala de aula.

Karon Weber, Diretora de Parcerias de Workshops Acadêmicos Internacionais da Microsoft

um grupo de pessoas que estão ao redor de uma mesa

Espaço de STEM durante o evento, fazendo todo mundo colocar a mão na massa!

 

  • Inteligência Artificial e Computação Quântica: outro ponto abordado por Salcito durante seu painel, foi a utilização de Inteligência Artificial (IA) como aliada na educação e salientou a importância dos professores neste processo de transformação. “O educador continua a ser protagonista na sala de aula”, afirma. O que muda, então? O professor ensina a máquina e a Inteligência Artificial personaliza o ensino de acordo com cada aluno. Um outro conceito é o da Computação Quântica, uma evolução da computação que trará dispositivos mais velozes, capazes de processar problemas de alta complexidade.

uma pessoa na frente de um grupo de pessoas em torno de si

Um de nossos parceiros e os óculos de Realidade Virtual

Além de IA como aliada, a utilização de Minecraft: Education Edition também foi um tópico importante apresentado durante os quatro dias. A versão educacional do conhecido jogo, oferece aos educadores ferramentas essenciais que os ajudam a trabalhar matérias e assuntos nas aulas de maneira a proporcionar uma aprendizagem imersiva.

Quer saber como eles começaram nessa jornada e entender como você também pode trilhar o mesmo caminho de sucesso? As inscrições para se tornar um MIE Expert estão abertas até o dia 16 de julho. Inscreva-se e venha mudar o futuro da educação com a gente!

um grupo de pessoas em frente a uma multidão posando para a câmera

Julci Rocha e Francisco Tupy recebendo o reconhecimento de MIE Fellow, o nível mais alto dentro da comunidade de educadores da Microsoft

 

  • Acessibilidade e idiomas: se a educação precisa ser inclusiva e democrática, o idioma ou as necessidades especiais de um estudante não podem ser uma barreira. Pensando nisso, durante todos os painéis internacionais da feira, os palestrantes utilizaram a tradução simultânea presente no PowerPoint e Skype, fazendo com que as legendas aparecessem enquanto as apresentações aconteciam. Tudo isso para mostrar que os professores podem usar a ferramenta para encurtar distâncias e apresentar novas realidades para os alunos, mesmo para aqueles que aprendem de maneiras diferentes.

A funcionalidade de tradução simultânea também é relevante para estudantes que possuem necessidades especiais, podendo ser utilizada em conjunto com o Windows, que possui o narrador, onde a tela começa a ser lida automaticamente. Além disso, dentro das ferramentas de aprendizagem do OneNote, Word e Outlook, também existe a possibilidade de narração.

Antony Salcito, Vice-Presidente Mundial de Educação da Microsoft, mostrando, ao vivo, a tradução simultânea do PowerPoint

 

Visão geral do estande da Microsoft na feira

Para que todas essas tendências se tornem realidade em sala de aula, a Microsoft contou ainda, durante os quatro dias de evento, com workshops em que os participantes puderam colocar a mão na massa e aprender junto com os especialistas e professores educadores da Microsoft, para poder utilizar as soluções na prática em sala de aula. As demonstrações abordaram diversos temas, desde Minecraft: Education Edition na prática, até a utilização de Micro:bit. Junto com a Microsoft, a Samsung, Faber-Castell, Acer, Positivo, Big Brain, Dell, IT Core, Maskott, que apresentaram soluções e produtos dedicados aos professores e alunos, que apoiam a Transformação Digital no setor de educação.

 

Uma das muitas palestras que aconteceram durante o evento

 um grupo de pessoas sentadas a uma mesa na frente de uma multidão

Espaço para workshops para aprender na prática como utilizar as ferramentas Microsoft em sala de aula

Em paralelo ao evento, a Microsoft promoveu visitas às escolas-modelo, as Showcase Schools, com o objetivo de mostrar para diversos educadores o poder que a educação assume com a ajuda da tecnologia. Três dessas escolas – Escola Bosque, Lourenço Castanho e Colégio Bandeirantes, -, apresentaram manhãs repletas de conteúdo, mostrando na prática como utilizam as ferramentas da Microsoft no dia a dia dos alunos.

Esses foram alguns pontos abordados durante a Bett Brasil Educar 2018. Fique atento às publicações no blog para ficar por dentro das novidades na educação e saiba mais sobre as iniciativas da Microsoft!

Últimos posts